Excellence for Building Portugal

 exportar mais logo

A APCMC viu recentemente aprovada a sua candidatura a um projeto conjunto de internacionalização, intitulado “EXPORTAR +”, no qual estão integradas várias ações.

 

O projeto “EXPORTAR +” visa promover a competitividade das empresas de Comércio de materiais de construção através do aumento da visibilidade, da flexibilidade e da capacidade de resposta e presença ativa nos mercados internacionais. Estes objetivos serão levados a cabo através da realização de um conjunto de atividades e iniciativas que permitam contribuir para reforçar as parcerias e a capacidade de internacionalização das empresas do sector.

 

1. O Projeto caracteriza-se sumariamente, por:

a) Levantamento das competências internas e das necessidades de cada empresa, com enfoque nos produtos, na exportação e nos mercados;

b) Consultoria às empresas na preparação da ação – imagem e comunicação;

c) Sensibilizar as empresas para o investimento na exportação tendo em conta as oportunidades de negócio nos mercados internacionais, através ações de divulgação do programa;

d) Organizar ações de prospeção aos mercados internacionais, em articulação com entidades locais. A prospeção terá o objetivo de proporcionar contactos com entidades e empresa para avaliar as oportunidades de negócio;

e) Organizar reuniões em território nacional com possíveis importadores;

f) Organizar participação em feiras do setor;

g) Acompanhar o projeto, disseminar os resultados e realizar a avaliação por ação e avaliação final.

 

2. As iniciativas referidas no número anterior foram as aprovadas por parte da Gestão do Programa Operacional de Factores de Competitividade.

 

3. Os investimentos elegíveis do Projeto EIE suportados pelas empresas são cofinanciados pelo QREN, com um taxa base de incentivo de 45%, nos termos do Regulamento do Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME – Portaria n.º 233-A/2012 de 6 de Agosto, informação que está disponível no site http://www.pofc.qren.pt.

 

A taxa referida poderá ser acrescida da majoração «Tipo de estratégia» de 5%, a atribuir a micro e pequenas.

 

O incentivo a conceder às despesas elegíveis relativas à participação em feiras e exposições referidas é calculado através da aplicação de uma taxa máxima até 75%.

 

 

> Condições de Acesso [+++]

 

> Plano de Ações para 2013:

> Feiras [+++]

> Ações de prospeção [+++]

> Visitas de importadores [+++]

 

 

Mais informações: Paula Gomes - paula.gomes@apcmc.pt

 

 

logos

 

 

 

 

 

algeria 

 

não esquecer

Principais Obrigações Fiscais - Abril

IRS – Tabelas de retenção na fonte / 2015

Orçamento do Estado para 2015

Produtos e Materiais de Construção Sujeitos a «Marcação CE»

IMT - Tabelas Práticas 2015

Salário Mínimo, IAS e UC para 2015

Ajudas de Custo 2015

Subsidio de Refeição e de Viagem 2015

Mapa de Férias 2015

Regime de Bens em Circulação

Juros de Mora Comerciais - 1º semestre. 2015

Horário de trabalho e livrete - pessoal afeto à exploração de veículos. Entendimento da ACT

Renovação da Carta de Condução

Contrato Coletivo de Trabalho do Setor

Cadastro Comercial

CAE - Rev. 3 Classificação Portuguesa de Actividades Económicas

Livro de Reclamações

Livretes Individuais de Controlo

Indicação de Preços

Uso da Língua Portuguesa

 

youtube

GREY/GREEN

Filme Promocional da Fileira dos Materiais de Construção, das Empresas e da Arquitetura e Engenharia Portuguesas.

 

SUBSCREVER NEWSLETTER apcmc news

clique aqui

 

 

 

 

sage

 

manutenção de sites