Oli aposta na vela para melhorar

publicado em 21-11-2013

 

oli1No fim de semana de 16/17 novembro, os colaboradores da OLI, líder ibérica na produção de autoclismos, participaram na terceira ação de formação de “Team Building”, a bordo de dois veleiros, promovida pela  SAILSPOT.

 

Num ambiente económico e social de mudança, a OLI investe no desenvolvimento de competências e na aprendizagem do “capital humano”, em todos os níveis da organização, para aumentar a competitividade no mercado global. A empresa tem 350 colaboradores e está presente em cerca de 60 países dos cinco continentes.

 

Este programa de formação baseado na Vela de competição visa “reforçar os valores de solidariedade, ética e responsabilidade, associados à cultura da empresa, aumentar o sentido de pertença, aumentar a motivação, estimular o trabalho de equipa e, desse modo, melhorar o desempenho individual e colectivo”, explica Maria José Rodrigues, diretora de Recursos Humanos da OLI.

 

1O evento iniciou-se com um “briefing”, seguido de embarque nos veleiros “Beneteau First Class 8”, em que os tripulantes adquiriram as noções básicas de como navegar à Vela. Após um período de adaptação inicial, foram distribuídas tarefas a bordo que teriam de cumprir individualmente, mas dentro de um princípio de trabalho em equipa. Este treino inicial decorreu no plano de água em frente ao Farol da Barra tendo terminado na baía de São Jacinto.

 

Após a aquisição das competências básicas de navegação à Vela, organizaram-se três regatas de competição entre as duas embarcações, com um vento moderado a forte que exigiu aos colaboradores da OLI um esforço de equipa significativo para navegar e definir a melhor estratégia para vencer o desafio.

 

2“O objetivo destes eventos visa proporcionar, através de regatas de competição, uma forma diferente de estímulo do trabalho de equipa. Os participantes são chamados a fazer rápidas aprendizagens, são confrontados com novos desafios e resolução de problemas inesperados que exigem interação e cooperação em equipa e sob pressão, superando limites e incentivando o desenvolvimento pessoal”, refere Ana Barata da Rocha, gestora da SAILSPOT.

 

A ponte entre a prática da Vela e a vida empresarial contribui para o sucesso da ação de formação. “Tal como na vida empresarial, a vela está sujeita a permanentes alterações – vento, correntes ou obstáculos – que exigem uma adaptação interativa e permanente. Sabe-se também que a vela exige disciplina, visão estratégica e técnica, competências hoje cruciais para vencer no ambiente dinâmico e competitivo das empresas. Acreditamos na importância que estas ações têm na motivação e desenvolvimento pessoal dos colaboradores e consideramos que os nossos eventos de “Team Building” são indubitavelmente um desafio que proporciona uma relação pessoal mais próxima que encoraja e estimula o trabalho de equipa entre os participantes”, afirma Ana Barata da Rocha.

 

 

 

algeria 

 

não esquecer

Principais Obrigações Fiscais - Abril

IRS – Tabelas de retenção na fonte / 2015

Orçamento do Estado para 2015

Produtos e Materiais de Construção Sujeitos a «Marcação CE»

IMT - Tabelas Práticas 2015

Salário Mínimo, IAS e UC para 2015

Ajudas de Custo 2015

Subsidio de Refeição e de Viagem 2015

Mapa de Férias 2015

Regime de Bens em Circulação

Juros de Mora Comerciais - 1º semestre. 2015

Horário de trabalho e livrete - pessoal afeto à exploração de veículos. Entendimento da ACT

Renovação da Carta de Condução

Contrato Coletivo de Trabalho do Setor

Cadastro Comercial

CAE - Rev. 3 Classificação Portuguesa de Actividades Económicas

Livro de Reclamações

Livretes Individuais de Controlo

Indicação de Preços

Uso da Língua Portuguesa

 

youtube

GREY/GREEN

Filme Promocional da Fileira dos Materiais de Construção, das Empresas e da Arquitetura e Engenharia Portuguesas.

 

SUBSCREVER NEWSLETTER apcmc news

clique aqui

 

 

 

 

sage

 

manutenção de sites