Reestruturação e revitalização de empresas

publicado em 03-03-2015

 

O Decreto-Lei 26/2015, de 6 de fevereiro, procedeu a alterações nos regimes do Sistema de Recuperação de Empresas por Via Extrajudicial (SIREVE) e do Processo Especial de Revitalização (PER), e nos regimes de emissão de obrigações e ações preferenciais previstos no Código das Sociedades Comerciais (CSC), no objetivo de promover um enquadramento mais favorável à reestruturação e revitalização das empresas, ao financiamento de longo prazo da atividade produtiva e à emissão de instrumentos híbridos de capitalização, que facilitem a entrada de investidores que aportem capital e competências adicionais.

 

No que respeita ao SIREVE, as alterações visam restringir o acesso a este mecanismo às empresas insolventes, conferir uma proteção adicional aos financiamentos concedidos durante a fase em que decorre o processo negocial e disponibilizar às empresas um instrumento que lhes permita verificar atempadamente a existência de dificuldades financeiras, permitindo-lhes que iniciem com mais antecedência o seu processo de reestruturação.

 

Aprovar o plano de recuperação depende também, como no PER, de novas condições:

 

> Votação por credores que representem pelo menos 1/3 do total das dívidas apuradas da empresa, recolhendo o voto favorável de mais de 2/3 do total dos votos emitidos e mais de 1/2 destes corresponda a créditos não subordinados, não se considerando as abstenções;

> Recolha o voto favorável de credores que representem mais de 1/2 do total das dívidas apuradas da empresa, e mais de 1/2 destes votos corresponda a créditos não subordinados, não se considerando as abstenções.

 

Desde 1 de março p.p., o acesso ao SIREVE fica reservado a empresas, individuais ou coletivas, em situação difícil ou numa situação de insolvência iminente mas que à data do pedido tenham uma avaliação global positiva relativamente aos 3 últimos exercícios completos, apresentando rácios mínimos nos seguintes indicadores:

- autonomia financeira superior a 5%   

- resultados antes de depreciações, gastos de financiamento e impostos/juros e gastos similares superior a 1,3

- dívida financeira/resultados antes de depreciações, gastos de financiamento e impostos igual ou superior a 0 e inferior a 10.

 

Há avaliação global positiva quando se verifiquem as seguintes condições cumulativas:

- cada indicador deve obter avaliação positiva em pelo menos 1 dos exercícios considerados

- no total das combinações possíveis devem ser observadas, pelo menos, 50% de avaliações positivas.

 

A partir de julho p.f., o IAPMEI irá disponibilizar, acessível gratuitamente pelo seu portal, um mecanismo de alerta, uma ferramenta informática que permite às empresas efetuarem o seu autodiagnóstico económico-financeiro, identificando os seus pontos fortes e fracos e os aspetos críticos que justificam intervenções corretivas, com o qual se pretende contribuir para maximizar as condições de sucesso dos planos de reestruturação empresarial, contrariando situações recorrentes de empresas que retardam o início destes processos.

 

No Código das Sociedades são revistas as regras aplicáveis à emissão de obrigações e ações preferenciais sem voto, no objetivo de, alargando as opções de financiamento através de instrumentos híbridos de capital, promover alternativas ao financiamento bancário.

 

 

 

 

 

 

 

 

algeria 

 

não esquecer

Principais Obrigações Fiscais - Abril

IRS – Tabelas de retenção na fonte / 2015

Orçamento do Estado para 2015

Produtos e Materiais de Construção Sujeitos a «Marcação CE»

IMT - Tabelas Práticas 2015

Salário Mínimo, IAS e UC para 2015

Ajudas de Custo 2015

Subsidio de Refeição e de Viagem 2015

Mapa de Férias 2015

Regime de Bens em Circulação

Juros de Mora Comerciais - 1º semestre. 2015

Horário de trabalho e livrete - pessoal afeto à exploração de veículos. Entendimento da ACT

Renovação da Carta de Condução

Contrato Coletivo de Trabalho do Setor

Cadastro Comercial

CAE - Rev. 3 Classificação Portuguesa de Actividades Económicas

Livro de Reclamações

Livretes Individuais de Controlo

Indicação de Preços

Uso da Língua Portuguesa

 

youtube

GREY/GREEN

Filme Promocional da Fileira dos Materiais de Construção, das Empresas e da Arquitetura e Engenharia Portuguesas.

 

SUBSCREVER NEWSLETTER apcmc news

clique aqui

 

 

 

 

sage

 

manutenção de sites