Alterado regime da urbanização e edificação

publicado em 12-09-2014

urbanizaçãoO Decreto-Lei 136/2014, de 9 de setembro, alterou o regime jurídico da urbanização e edificação (RJUE), aprovado pelo DL 555/99, de 16 de dezembro.

 

Na senda prosseguida por alterações anteriores, esta alteração reforça o esforço de simplificação e de aproximação às empresas e pessoas, designadamente no que respeita ao procedimento de controlo prévio das operações urbanísticas, aumentando, em contrapartida, a responsabilidade destes.

 

Por exemplo, em concretização do princípio segundo o qual a realização de operações urbanísticas depende, em regra, de controlo prévio vinculado à salvaguarda dos interesses públicos em presença e à definição estável e inequívoca da situação jurídica dos interessados, consagrado na Lei 31/2014, de 30/5 (Lei de Bases dos Solos, Ordenamento do Território e Urbanismo), quando as condições de realização da operação urbanística se encontrem suficientemente definidas, a apresentação de comunicação permite ao interessado proceder à realização de determinadas operações urbanísticas imediatamente após o pagamento das taxas devidas.

 

Por outro lado, quando existam pareceres negativos das entidades consultadas, passa a ser permitida a participação do próprio interessado nas conferências decisórias, o que confere maior transparência ao processo de licenciamento.

 

O conceito de «reconstrução» é revisto e clarificado, de modo a pôr termo aos conflitos e problemas relacionados com o regime de controlo a que está sujeito e incentivar as operações de reabilitação e regeneração, passando a corresponder às obras de construção subsequentes à demolição, total ou parcial, de uma edificação existente, das quais resulte a reconstituição da estrutura das fachadas.

 

É reduzido, de 40 para 20 dias, o prazo para as entidades competentes se pronunciarem sobre a operação urbanística em função da localização.

 

O diploma em apreço contempla, ainda, o reforço e a criação de mecanismos de regularização de operações urbanísticas.

 

O DL 136/2014 procedeu também à republicação integral do RJUE, entrando em vigor em 7 de janeiro de 2015.

 

Consulte-o aqui

 

 

 

 

algeria 

 

não esquecer

Principais Obrigações Fiscais - Abril

IRS – Tabelas de retenção na fonte / 2015

Orçamento do Estado para 2015

Produtos e Materiais de Construção Sujeitos a «Marcação CE»

IMT - Tabelas Práticas 2015

Salário Mínimo, IAS e UC para 2015

Ajudas de Custo 2015

Subsidio de Refeição e de Viagem 2015

Mapa de Férias 2015

Regime de Bens em Circulação

Juros de Mora Comerciais - 1º semestre. 2015

Horário de trabalho e livrete - pessoal afeto à exploração de veículos. Entendimento da ACT

Renovação da Carta de Condução

Contrato Coletivo de Trabalho do Setor

Cadastro Comercial

CAE - Rev. 3 Classificação Portuguesa de Actividades Económicas

Livro de Reclamações

Livretes Individuais de Controlo

Indicação de Preços

Uso da Língua Portuguesa

 

youtube

GREY/GREEN

Filme Promocional da Fileira dos Materiais de Construção, das Empresas e da Arquitetura e Engenharia Portuguesas.

 

SUBSCREVER NEWSLETTER apcmc news

clique aqui

 

 

 

 

sage

 

manutenção de sites